30 novembro, 2010

FÓTONS

"Imagine a seguinte situação: você me toca e o mundo explode, em bilhões de faíscas. Não dá medo, essa sabedoria popular? Pois quando lhe vejo o mundo não fica mais radiante?"
(M.Grillo)

AS ROSAS NAO CONTAM ???

Me disseram que as rosas não contam
Não contam porque nem espantam o frio
Nem matam a fome
Me disseram que as rosas são supérfluas
E que por isso
Não é preciso o povo ter jardim
Pra poder plantá-las
E nem um salário suficiente
Pra poder comprá-las
Me disseram que o lazer não conta
Não conta porque nem espanta o frio
Nem mata a fome
Me disseram que o lazer é supérfluo
E que por isso
Não é preciso o povo ter tempo
Pra poder curti-lo
E nem direitos
Pra poder exigi-lo
Me disseram que o prazer não conta
Não conta porque nem espanta o frio
Nem mata a fome
Me disseram que o prazer é supérfluo
E que por isso
Não é preciso o povo ter condições
Pra poder vivê-lo
E nem sabedoria
Pra poder valorizá-lo
Me disseram tanto, tanto
Mas não me provaram nada
Pra mim
Continua assim
Que também as rosas
O lazer
E o prazer
Espantam o frio
E matam a fome
O frio de uma vivência inerte
E a fome por uma vida abundante

(Autoria desconhecida) se alguém souber...informe!!

DITADOS POPULARES, AGORA VIRTUAIS

Pinçado do FB de Sérgio Garschagen, até a fotinho, peguei lá.. Pinçado = roubado


. A pressa é inimiga da conexão.
. Amigos, amigos, senhas à parte.
. Antes só, do que em chats aborrecidos.
. A arquivo dado não se olha o formato.
. Diga-me que chat freqüentas e te direiquem és.
• Para bom provedor uma senha basta.
• Não adianta chorar sobre arquivo deletado.
• Em briga de namorados virtuais não se mete o mouse.
• Em terra off-line, quem tem 486 é rei.
• Hacker que ladra, não morde.
• Mais vale um arquivo no HD do que doisbaixando.
• Melhor prevenir do que formatar.
• O barato sai caro. E lento.
• Quando a esmola é demais, o santo desconfia que tem vírus anexado.
• Quando um não quer, dois não teclam.
• Quem ama um 486, Pentium 5 lhe parece.
• Quem clica seus males multiplica.

29 novembro, 2010

MANUEL BANDEIRA

... depois que tu partiste,
perdi de todo a alegria:
fiquei triste,triste,triste.

Nunca dantes me senti
...tão desinfeliz assim:
É que ando pela vida
sem vida dentro de mim..... 

DESEJO PRIMEIRO QUE VOCÊ ME AME

Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.

Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,

Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.

Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

Desejo que você descubra ,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga "Isso é meu",
Só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar e sofrer sem se culpar.

Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar ".

(Victor Hugo)

24 novembro, 2010

Dicas fantásticas para ficar pobre

Vou listar alguns comportamentos que são verdadeiros ladrões de prosperidade, e que muitas vezes não temos a consciência do quanto são prejudiciais. Todos estão ligados, de uma forma ou de outra, ao pensamento de escassez. Portanto, se você quiser plantar problemas financeiros, pratique o seguinte: Fale mal dos ricos. Diga que são todos arrogantes, desonestos, corruptos, generalize mesmo, diga que não há exceção, e que se houver, você nunca conheceu uma. Assim, você fará de tudo para nunca ser um deles. Se você fala só um pouquinho mal dos ricos, então você também fará somente um pouquinho para não se tornar um deles.
- Fale mal do dinheiro: Diga que é fonte de todo mal, da ganância, que corrompe as pessoas. Associe todo tipo de pensamento e sentimento negativo a ele, dessa forma você desejará que ele fique bem longe.
- Reclame das contas que você tem a pagar: Sempre que chegar uma conta, se aborreça bastante. De preferência, tenha uma azia. Diga o quanto ela é absurda e o quanto as empresas são ladras e exploradoras. Pode ser qualquer conta: água, luz, telefone, condomínio, escola das crianças, cartão de crédito, parcela do carro. Nunca reconheça os benefícios que os serviços que utilizados trouxeram pra você. Reclame bastante, gaste muita energia com isso. Quem sabe assim na próxima vez a conta vem menor.
- Seja mesquinho: Não doe nada nunca. O que é seu é seu. Ajudar? Pra quê? Se a vida já estão tão difícil e você lutou tanto... Além do mais, tem muita corrupção nas instituições. Não dá pra confiar em ninguém, seu dinheiro vai ser roubado se você doar. Guarde tudo pra você, afinal de contas, não sabemos o dia de amanhã.
- Leia e colecione todo tipo de notícia ruim sobre a economia: Assista atentamente aos noticiários, leia todas as reportagens. Toda vez que tiver uma notícia ruim a respeito da economia, preste muita atenção. Se for revista ou jornal, recorte e guarde para você não esquecer. Isso não vai deixar você pessimista, mas sim, realista. Você é uma pessoa que precisa e gosta de estar bem informado para poder se prevenir.
- Atribua a sua situação econômica e a dos outros à sorte ou ao azar: Quando vir alguém muito bem financeiramente diga que foi sorte. Quando você estiver mal, diga que foi azar. Reze bastante para que a sorte bata à sua porta e você possa finalmente prosperar, quem sabe até mesmo, ganhar na loteria. A verdade é que você tem pouca ou nenhuma influência sobre a sua vida financeira e só é possível ter esperança contando com a sorte mesmo.
- Fique revoltado quando souber de alguém que ganha um salário altíssimo: Não é justo que um artista ou um jogador de futebol ganhe tanto. Afinal de contas, você e outras pessoas estudaram mais, são mais inteligentes e não ganham uma fração do que eles ganham. Fique bastante revoltado. Quem sabe assim o salário deles diminui e o seu cresce.
- Pechinche ao máximo, sempre: Quando for contratar alguém para realizar qualquer tipo de serviço, sinta-se feliz em conseguir fechar tudo a um preço inacreditavelmente baixo. Faço isso até mesmo quando for comprar coisas quem têm valor irrisório, tipo o amendoim na praia ou pamonha na rua. Parta do princípio que todos são exploradores e oportunistas e que você precisa se proteger. Quando alguém prestar um serviço surpreendentemente bom, nada de dar gorjetas ou elogios, pois a pessoa não fez nada além da sua obrigação.
- Culpe aos outros pela sua situação financeira: Culpe o governo, seus pais, seu ex-marido ou sua mulher, os filhos, seu sócio e etc... Se possível xingue todos eles três vezes por dia. Assim, quem sabe eles tomam consciência e vão deixar de atrapalhar sua vida e você vai prosperar muito.
- Tenha vergonha de prosperar: Quando alguém elogiar algo que você tem, diga que comprou na promoção, dividido em dez vezes no cartão! Pode ser uma viagem que você fez, um relógio, uma roupa, não importa. Você é uma pessoa modesta, humilde e não quer ser confundido com um rico esbanjador e ganancioso. Além disso, você ainda vai evitar muita inveja.
- Sempre que puder, leve vantagem sobre algo ou alguém: O mundo é dos espertos. Só assim se conseguem ganhar bem. Sendo assim, falsifique carteira de estudante para pagar meia entrada (ou peça a de alguém emprestada, pra não correr o risco de ser preso), venda um serviço fazendo propaganda enganosa, prometa e não cumpra, peça uma grana emprestada e não pague... As pessoas não vão confiar em você depois, mas o que importa isso? Você já teve a vantagem e já se deu bem. Ah sim, quando a conta do restaurante vier faltando alguma coisa, não avise ao garçom de jeito nenhum! O restaurante já é muito rico e só quer se dar bem em cima de você; você merece dar esse pequeno troco neles.
Bem, esses são apenas alguns comportamentos fantásticos para criar pobreza. Depois estarei dando mais dicas... boa sorte!
http://somostodosum.ig.com.br/clube/c.asp?id=24142

22 novembro, 2010

RECEITA DE MULHER

A mulher pra ser mulher
Não precisa desfilar na passarela
Mas sendo cheirosa, ajeitada
Eu tiro o chapéu pra ela

Se tiver o pé de anjo,
O cheiro de fruta, a pele macia
Se for manhosa, fogosa, carinhosa
Umbigo redondo e fundo
Que é pra beber água fria

Se tiver cintura de violão
A pisada leve que nem toca no chão
A boca de mel da cor de cereja
Que quando beija lampeja
E massageia o coração

Se tiver o sorriso de marfim
Tornozelo fino, ser dona do nariz
Os cabelos grandes, a palavra boa
Perfil de patroa e princesa que pede bis

Se tiver os olhos de lua cheia
No pé das orêia penuge de cana nova
Tem que ter bondade, sorriso que ilumina
Sonho de menina que todo dia renova

E o homem tem que ser homem,
Pra merecer
pois o homem só será
se a mulher deixar nascer

JURAÍDES DA CRUZ - poeta, compositor, músico Tocantinense

20 novembro, 2010


“Pa­ra apal­par as in­ti­mi­da­des do mun­do é pre­ci­so sa­ber:
a) Que o es­plen­dor da ma­nhã não se abre com fa­ca;
b) O mo­do co­mo as vio­le­tas pre­pa­ram o dia pa­ra mor­rer;
 c) Por que é que as bor­bo­le­tas de tar­jas ver­me­lhas têm de­vo­ção por tú­mu­los;
d) Se o ho­mem que to­ca de tar­de sua exis­tên­cia num fa­go­te tem sal­va­ção;
e) Que um rio que flui en­tre 2 ja­cin­tos car­re­ga mais ter­nu­ra que um rio que flui en­tre 2 la­gar­tos;
f) Co­mo pe­gar na voz de um pei­xe;
g) Qual o la­do da noi­te que ume­de­ce pri­mei­ro. Etc. Etc. Etc.”

Poeta: Manoel de Barros - MT
Fotógrafo: Paulo Santos -  PA

Menino do mato

Eu queria fazer parte das árvores
como ospássaros fazem.
Eu queria fazer parte do orvalho como as
pedras fazem.
Eu só não queria significar.
Porque significar limita a imaginação.
E com pouca imaginação eu não poderia
fazer parte de uma árvore.
Como os pássaros fazem.
Então a razão me falou: o homem não
pode fazer parte do orvalho como as pedras
fazem.
Porque o homem não se transfigura senão
pelas palavras.
E isso era mesmo.
Manoel de Barros

19 novembro, 2010

EU ESCREVI UM POEMA TRISTE

Eu escrevi um poema triste
E belo, apenas da sua tristeza.
Não vem de ti essa tristeza
Mas das mudanças do Tempo,
Que ora nos traz esperanças
Ora nos dá incerteza...
Nem importa, ao velho Tempo,
Que sejas fiel ou infiel...
Eu fico, junto à correnteza,
Olhando as horas tão breves...
E das cartas que me escreves
Faço barcos de papel!

Mario Quintana

17 novembro, 2010

PERDÃO

Perdoa-me
Se te considero parte de mim
E as exigências que me faço
Faço-te também
Achar que sou
Tanto você e és tanto eu
Que te trato
Como trato a mim
Quando a insegurança
Explode na minha cara
Perdoa-me
Se a linguagem
Do meu coração
É tão rudemente traduzida
Para a língua da razão
Não te sintas subtraída
Do meu respeitar
Que o meu coração importa
Dele és cativa
Desde quando
Vieste nele morar

(Marcos Quinan)

MADRIGAL MELANCÓLICO

 O que eu adoro em ti
Não é sua beleza
A beleza é em nós que existe
A beleza é um conceito
E a beleza é triste
Não é triste em si
Mas pelo que há nela
De fragilidade e incerteza
O que eu adoro em ti
Não é a tua inteligência
Mas é o espírito sutil
Tão ágil e tão luminoso
Ave solta no céu matinal da montanha
Nem é tua ciência
Do coração dos homens e das coisas
O que eu adoro em ti
Não é a tua graça musical
Sucessiva e renovada a cada momento
Graça aérea como teu próprio momento
Graça que perturba e que satisfaz
O que eu adoro em ti
Não é a mãe que já perdi
E nem meu pai
O que eu adoro em tua natureza
Não é o profundo instinto matinal
Em teu flanco aberto como uma ferida
Nem a tua pureza. Nem a tua impureza
O que adoro em ti lastima-me e consola-me

O que eu adoro em ti é A VIDA !!!

Manoel Bandeira

ERRO DE PORTUGUÊS

Quando o português chegou
Debaixo de uma bruta chuva
Vestiu o índio
Que pena!
Fosse uma manhã de sol
O índio tinha despido
O português.

Oswald de Andrade

AMOR E SEU TEMPO

Amor é privilégio de maduros
estendidos na mais estreita cama,
que se torna a mais larga e mais relvosa,
roçando, em cada poro, o céu do corpo.
É isto, amor: o ganho não previsto,
o prêmio subterrâneo e coruscante,
leitura de relâmpago cifrado,
que, decifrado, nada mais existe
valendo a pena e o preço do terrestre,
salvo o minuto de ouro no relógio
minúsculo, vibrando no crepúsculo.
Amor é o que se aprende no limite,
depois de se arquivar toda a ciência
herdada, ouvida.
Amor começa tarde
Carlos Drummond de Andrade

03 novembro, 2010

PASSARIM

video

Música: Marcelo Grillo
Letra: Milena Paixão
Canta: Amélia Barreto
Todos três, talentosos artistas capixabas, da cidade de Cachoeiro de Itapemirim.
Com gravura de Marcos Quiinan (Berrante 2) - goiano, radicado em Belém.

BABEL AMOROSA - Marcelo Grillo


Um dia, torno-me poliglota
E crio uma língua diferente
De linguagem suave e quente
Pra uso exclusivo dos amantes
Em voz que acalme e enterneça
Que apaixone e encante
Que desatine e enlouqueça
Pego o charme francês
A veemência italiana
O jeito analítico inglês
A suavidade espanhola
O aglutinativo alemão
A simplicidade latina
A imortalidade hebraica
E a doçura do português
Em letras que falam ao coração
Rabisco, coloco no papel
Reinvento uma babel.
E então te mando uma rosa
Junto com singelo convite:
“Venha me ver qualquer hora,
Ouvir Brahms, provar absintite,
conversar nessa babel amorosa”.
 
Gravura de Michelle Cunha

02 novembro, 2010

SILVANA DUBLOC - Ser Mulher

Ser mulher...É viver mil vezes em apenas uma vida. É lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora. É estar antes do ontem e depois do amanhã. É desconhecer a palavra recompensa apesar dos seus atos.
Ser mulher...É caminhar na dúvida cheia de certezas. É correr atrás das nuvens num dia de sol. É alcançar o sol num dia de chuva.
Ser mulher...É chorar de alegria e muitas vezes sorrir com tristeza.É acreditar quando ninguém mais acredita.É cancelar sonhos em prol de terceiros.É esperar quando ninguém mais espera.
Ser mulher...É identificar um sorriso triste e uma lágrima falsa.É ser enganada, e sempre dar mais uma chance.É cair no fundo do poço, e emergir sem ajuda.
Ser mulher...É estar em mil lugares de uma só vez.É fazer mil papeis ao mesmo tempo.É ser forte e fingir que é frágil...Pra ter um carinho.
Ser mulher...É se perder em palavras e depois perceber que se encontrou nelas.É distribuir emoções que nem sempre são captadas.
Ser mulher...É comprar, emprestar, alugar, vender sentimentos, mas jamais dever.É construir castelos na areia, vê-los desmoronados pelas águas.E ainda assim amá-los.
Ser mulher...É saber dar o perdão... É tentar recuperar o irrecuperável.É entender o que ninguém mais conseguiu desvendar.
Ser mulher...É estender a mão a quem ainda não pediu.É doar o que ainda não foi solicitado.

Ser mulher...É não ter vergonha de chorar por amor.É saber a hora certa do fim.É esperar sempre por um recomeço.
Ser mulher...É ter a arrogância de viver apesar dos dissabores,Das desilusões, das traições e das decepções.
Ser mulher...É ser mãe dos seus filhos... Dos filhos de outros.É amá-los igualmente.

Ser mulher...É ter confiança no amanhã e aceitação pelo ontem.É desbravar caminhos difíceis em instantes inoportunos.E fincar a bandeira da conquista.
Ser mulher...É entender as fases da lua por ter suas próprias fases.
É ser "nova" quando o coração está à espera do amor.Ser "crescente" quando o coração está se enchendo de amor.Ser "cheia" quando ele já está transbordando de tanto amor.E ser "minguante" quando esse amor vai embora.

Ser mulher...É hospedar dentro de si o sentimento do perdão.É voltar no tempo todos os dias e viver por poucos instantes.Coisas que nunca ficarão esquecidas.
Ser mulher...É cicatrizar feridas de outros e inúmeras vezes deixar as suas próprias feridas sangrando
Ser mulher...É ser princesa aos 20... Rainha aos 30...Imperatriz aos 40 e... "Especial" a vida todar mulher...É conseguir encontrar uma flor no deserto.Água na seca... Labaredas no mar.
Ser mulher...É chorar calada as dores do mundo eEm apenas um segundo, já estar sorrindo.
Ser mulher...É subir degraus e se os tiver que descer não precisar de ajuda.É tropeçar, cair e voltar a andar.

Ser mulher...É saber ser super-homem quando o sol nasce.E virar cinderela quando a noite chega.
Ser mulher...É ter sido escolhida por Deus para colocar no mundo os homens.
Ser mulher...É acima de tudo um estado de espírito.É uma dádiva... É ter dentro de si um tesouro escondido,e ainda assim dividí-lo com o mundo!

01 novembro, 2010

Drummmond - MEMÓRIA

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão.

Mas as coisas findas,
muito mais que lindas,
essas ficarão.
Carlos Drummond de Andrade

MARCONI PERILLO

O senador Marconi Perillo (PSDB) é o novo governador de Goiás. O candidato recebeu 1,5 milhão de votos (53%) e vai ocupar o Palácio das Esmeraldas pela terceira vez. Seu adversário no segundo turno, o ex-prefeito de Goiânia Iris Rezende (PMDB) teve 1,4 milhão de votos (47%). A vitória de Perillo é mais uma de um período de sucessivos triunfos nas urnas que teve início em 1990, quando foi eleito deputado estadual de Goiás.